19
jul
“A América Latina nos vê como uma família, e isso nos deixa muito contentes” diz Jeremy Davis a La Viola

Jeremy la viola

Com o retorno do Paramore a Buenos Aires, o site La Viola Web conversou com Jeremy Davis sobre o novo material da banda apresentado nos shows, a Argentina, seus fãs e mais. Confira a tradução da entrevista abaixo:

Como se prepararam para tocar na Argentina?
Estou muito contente de voltar a Buenos Aires. Gostamos muito do show anterior. Vamos tocar músicas de nossos discos anteriores, e também algumas novas. Vai ser um show com muito rock.

Como pode definir os concertos do Paramore?
Esperamos encontrar muita energia em cada uma de nossas apresentações. Essa é a melhor parte, que possam desfrutar e ao terminar a noite com um sorriso. A América Latina nos vê como uma família, e isso nos deixa muito contentes.

Tem muitos fãs na Argentina.
Sim, isso é genial. A verdade é que são incríveis, nos deixam muitas mensagens nas redes sociais. Para nós não são seguidores, são como amigos. Tenho muita vontade de encontrar com eles.

Vocês estão apresentando um novo material. Como podem o definir?
É nosso favorito. Por isso colocamos o nome da banda, por tudo que representa. Nessa oportunidade, tivemos o tempo necessário para gravar as músicas. Foram sete meses de trabalho, muito diferente do que foi com os albuns anteriores. Com essa oportunidade abrimos nossos corações para dar vida a cada um dos temas. Por isso gostamos tanto desse material.

Quais são as mensagens dessas músicas?
Cada um tem uma em particular. Crescemos e temos uma visão diferente de algumas coisas. Antes nossa mensagem era mais negativa, agora somos mais positivos.

Você gosta de fazer videos? Em “Still Into You” vocês se divertiram andando de bicileta…
Sim. Gostamos de fazer videos. As vezes terminamos com machucados. Nessa música nos divertimos com as bicicletas e comendo bolo.

Quais são suas influências musicais?
Cresci escutando hip hop e rap. Também um pouco de country. Gosto de muitas bandas, por exemplo, o novo disco de Daft Punk me parece muito bom. Tem muita música boa para escutar.

Conhece algo sobre a música argentina?
Não, em nossa visita anterior não tivemos tempo. Com essa oportunidade vou sair e ouvir um pouco da música Qual me recomenda?

fonte: paramore and more