07
jan
Por trás de Ain’t It Fun

paramore me

O Paramore ganhou sua quarta indicação ao Grammy de “Melhor Música de Rock” com “Ain’t it Fun”. E antes que o vencedor seja anunciado, o Radio.com decide voltar aos dias em que a banda começou a escrever o single.

Hayley Williams compos o single “Ain’t it Fun” como um aviso para que ela amadurecesse de uma vez. No final das contas, não foi apenas sobre a maturidade de Williams, mas, também, a da banda, que, com o sucesso do single foi indicada ao Grammy, como Melhor Música de Rock. Paramore concorre ao prêmio com Jack White, The Black Keys, Beck e Ryan Adams.

A indicação é uma grande realização para Williams e seus dois companheiros de banda – o baixista Jeremy Davis e o guitarrista, Taylor York – que uns anos atrás estavam inseguros quanto ao futuro da banda, devido às bruscas mudanças que a banda sofreu a partir de 2010, quando Zac e Josh Farro, membros da formação original, deixaram a banda. Josh usou a desculpa de que sua decisão foi forçada, pois o Paramore havia se tornado “um produto de uma grande gravadora”. Ele, ainda, acusou Williams de estar sendo manipulada e de que ela os tratava como “banda de apoio”, como se os demais integrantes da banda estivessem, simplesmente, “seguindo o sonho de Hayley”.

As fortes acusações deixaram Williams, Davis e York desanimados e poderiam botar tudo a perder, pois muito do processo de “seguir em frente” era emocional. Já na parte literal – a banda mudou-se de Tennessee para Los Angeles, onde trabalhariam no álbum que seria lançado, Brand New Eyes. “A ideia principal por trás do novo álbum era sobre recebermos uma chance para um recomeço,” disse Hayley, em declaração ao site Radio.com, em 2013, “para, realmente, redescobrirmos o que queríamos ser e o que éramos. A mensagem por trás de tudo era ‘Não há necessidade de desistir, mesmo as probabilidades estando contra você.’”

O álbum auto-intitulado, lançado em 2013, deu ponta-pé inicial para o recomeço. Williamscanta sobre amadurecimento, se apaixonar, não ser mais uma “crazy girl”, e incluem um pouco de soul e blues ao som punk rock da banda.

O processo de sair de sua zona de conforto não foi nada fácil. “Era a primeira vez em que eu passava muito tempo fora de casa, longe da minha família e amigos,” explicou Williams. “Quando você sai da sua bolha, você se dá conta de quão grande o mundo é e aprende a desenvolver mecanismo de autodefesa.” Mas a vocalista não desistiu e afirmou que, apesar das dificuldades, a música foi o necessário para que ela, realmente, saísse de sua zona de conforto. “Senti como se eu estivesse chutando e gritando por conta própria, como um grito de independência. É engraçado, pois eu precisava daquilo,” declarou. “Eu precisava de uma mudança de perspectiva para saber que poderia fazer muita coisa sozinha.”

Foi essa constatação que fez Williams escrever “Ain’t It Fun”, o quarto single do quarto álbum da banda. Inicialmente, dentro de um hotel em Los Angeles, Taylor começou a trabalhar em cima do single, cuja inspiração veio da banda britânica Dutch Uncles e, tempos depois, por ela foi remixado. York montou seu próprio estúdio, tendo garrafas de água como parte do equipamento. Williams se divertiu com os novos experimentos do colega de banda e explicou que estava indo encontrá-lo para jantar, mas tiveram o percurso desviado para que terminassem o single.

(mais…)

 
24
nov
Hayley Williams será homenageada na Billboard Award Trailblazer

Nylon Hayley

De acordo com as últimas notícias, Hayley Williams será homenageada com a ”primeira” Billboard Award Trailblazer, este ano no nono Billboard Women in Music no Music Awards. Hayley se junta a Taylor Swift, Ariana Grande e Idina Menzel como destinatárias anunciadas para o evento realizado em Nova York, em 12 de dezembro. O Prêmio Trailblazer homenageia a artista feminina de destaque que quebra as convenções para fazer uma marca única na música e preparando o caminho para outros talentos.

”Eu me lembro de uma época em que já teria sido feita de diversão para fazer as coisas de forma diferente. Agora eu estou recebendo um prêmio para ela? Isto é muito. Estou tão animada!”, diz Williams. ”Há mulheres neste setor que totalmente colocavam muralhas a baixo, para os gostos, os meus, para vir a fazer o que acredito. Eu quero ser que nem uma menina no futuro. Eu não posso esperar para o evento no próximo mês e para high-five com algumas das minhas irmãs da música”.

The Hollywood Reporter

 
06
nov
Paramore fala sobre seu próximo álbum nos bastidores do We Can Survive

Paramore We Can Survive

Será que o Paramore já pensa sobre o quinto álbum de estúdio? Desde 2013 na North American Tour o trio fala sobre escrever músicas novas, mas apenas para se divertir e sem ter alguma pressão exata em ter de lançar material novo. Então, eles estão prontos? Eles ousadamente foram abordados com perguntas a respeito do próximo álbum durante uma entrevista nos bastidores do Radio.com na edição deste ano no We Can Survive, show realizado em Hollywood Bowl de Los Angeles, trocando sorrisos nervosos antes de lidarem com as perguntas.

“Nossos gerentes estão provavelmente nos perguntando o que está acontecendo com a continuação, também”, brincou o baixista Jeremy Davis. “Eu sinto que nós estamos levando um pouco de tempo. Eu sinto como se nossas cabeças e corpos precisassem de um pouco de tempo para descomprimir depois de uma longa turnê e apenas trabalhando neste álbum inteiro. Tem sido uma loucura, mas é importante ter um tempo. Estivemos em casa por um minuto e todos nós estamos tipo que ansiosos para voltar para fora, mas você sabe, é bom ter esse espaço de forma criativa só para viajar e ir a algum lugar novo”.

“E apenas para viver. Você tem que ter coisas para escrever sobre e para dizer”, exclamou Hayley Williams. “É muito importante para nós, de qualquer maneira, porque as músicas são tão pessoais. Não há realmente músicas para falar ainda, mas eu acho que é uma coisa quase encorajadora, saber que nós estamos tomando algum tempo para viver agora”.

 
15
out
“Seus fãs são completamente obsessivos” – Banda Dutch Uncles sobre fãs do Paramore

paramore

A banda Dutch Uncles, que já abriu para o Paramore, contou como foi essa experiência e confessaram ficar um pouco assustados com os fãs. Olha só o que o vocalista, Wallis, disse:

O vocalista da banda Dutch Uncles disse que ficou “assustado” com a reação dos fãs do Paramore quando o grupo os levou junto na turnê pelos EUA.

Taylor York citou Dutch Uncles como uma das maiores influências do último álbum, que saiu ano passado. Depois disso, a banda abriu para o Paramore na turnê europeia de 2014.

Numa conversa com a NME, Wallis disse que eles nunca viram fãs assim antes.

“Seus fãs são completamente obsessivos. Eles se apaixonam por você mesmo só te vendo tocar por meia hora. Só de estarmos no mesmo palco do Paramore, viramos lendas instantâneas. Me assustou um pouco.”

Sobre sua relação com o Paramore, Wallis disse “Foi surreal. Taylor abriu seu coração pra gente no backstage, contando como nossa música o inspirou a escreveu músicas como “Ain’t It Fun” e “Still Into You”. E eu pensei “Como é que uma banda dessas foi influenciada por cinco nerds de Manchester que mal sabem escrever?”

Fonte

 
09
fev
Hayley é entrevistada pelo Maddox & Sonic

Maddox & Sonic

Em entrevista para o Maddox & Sonic do Power 96.1, Hayley Williams fala sobre turnês, lutas, tatuagens, o clipe de Ain’t It Fun e a interação dos fãs. Confira:

Power Chat with Hayley Williams, Maddox & Sonic

 
14
nov
Paramore traz hit monstruoso, “Still Into You” à Mohegan Sun

Taylor

Em entrevista para o CT NOW, Taylor contou sobre a gravação do novo álbum, sua música favorita e o sucesso de Still Into You. Confira a tradução:

Quando membros do Paramore começaram a trabalhar em seu novo álbum, Taylor York, o guitarrista, estava apavorado. Os irmãos Josh e Zac Farro deixaram o grupo no final de 2010 e o futuro era incerto. Os Farro fundaram a banda junto à Hayley Wiilliams. Quando iniciaram o processo de criação do novo disco, Williams, York e Davis passaram por um bloqueio criativo, mas eles dedilharam, cantaram e saíram dessa com tudo.

O resultado, foi o “Paramore,” lançado em abril. Mostra a banda explorando novos territórios e foi um sucesso na crítica e nas vendas, incluindo o hit “Still Into You.” A turnê da banda de divulgação do cd, “The Self-Titled Tour” chega à Mohegan Sun nesse domingo, dia 17, às 19:30h.

A banda foi fundada em Franklin, Tennessee, em 2004 e arrancou para o sucesso na cena punk rock emo. York falou com a gente pelo telefone antes do show na Pennsylvania, contou sobre as tentativas envolvendo a criação do novo disco e seu triunfo.

CT: Quando começaram a trabalhar no novo álbum, quais era seus objetivos?
T:
 Pra ser honesto, não sabíamos, a única certeza era que a banda não tinha acabado. Que ainda tínhamos muito o que dizer, muito o que mostrar. O cd nos surpreendeu porque, no começo, achamos que eramos obrigados a fazer álbuns parecidos com os outros três. Começamos a escrever grandes riff de rock, parecido com o repertório antigo, mas isso não nos inspirava mais, o que foi assustador. A gente estava tipo “uau, acho que temos que experimentar um pouco mais para descobrir nossa verdadeira paixão.” As músicas saíram umas diferentes das outras e eram únicas, originais. Nos permitiu mostrar muito mais nossos influências e onde estamos hoje. Foi realmente um álbum assustador de gravar, mas é muito livre e libertador para nós como artistas, saber tudo que somos capazes de fazer.

(mais…)