29
ago
Hayley fala sobre o novo álbum para a Creative Allies: “Nele contém uma parte de cada um de nós”

paramore up

Em uma entrevista exclusiva, Hayley Williams conversou com o portal Creative Allies sobre as artes das capas dos CDs anteriores da banda e como isso pode refletir na imagem deles como banda. Além disso, a vocalista também comentou sobre produtos da loja oficial, como se sente ao saber que a banda está prestes a comemorar o seu décimo aniversário.
Confira a entrevista traduzida e adaptada abaixo:

Embora o trio de Rock que veio do Tennessee, o Paramore, esteja perto do seu décimo aniversário como banda, a sua líder Hayley Williams não é velha o bastante para alugar um carro. O que é demonstrado (da melhor maneira possível) no novo álbum auto-intitulado, onde as letras “contém espírito de juventuda, mas claramente mostra a evolução (da banda),” de acordo com a bio do Paramore. Aqui, Hayley fala para a Creative Allies sobre a arte do álbum, longevidade e sobre ser destemida.

Creative Allies: Dos álbuns anteriores, qual tem a sua capa favorita e quem a fez?
Hayley Williams
: Talvez a minha capa favorita seja a que fizemos para o álbum Riot!. Muito daquilo tinha a ver com a energia daquele momento em nossas vidas. A capa toda era cheia de cores vibrantes e nós éramos muito jovens e todas as artes das fotos eram bem loucas. Nós trabalhamos com um cara chamado Mark Obriski, da Atlantic Records, naquela capa e no encarte. Honestamente, o que nós fizemos para o nosso álbum auto-intiulado – colocando nós mesmos na capa – foi destemido e a qualquer momento que eu vejo isso em qualquer lugar, me sinto mais orgulhosa do que eu jamais me senti por qualquer outra coisa que já tenhamos feito.

Creative Allies: Com os álbuns anteriores, como você interagia com os artistas e designers? Você contribuía com ideias ou deixava na mão deles? 

pmoremasterforitunes

Hayley Williams: Não era assim até que em Riot! nós começamos a entender a forma como nossa banda estava sendo percebida e a imagem que passávamos. Nós mesmos escrevemos “Riot!” em uma parede atrás de nós na sessão de fotos promocionais do álbum, e no fim aquela fonte se tornou a inspiração para a capa do nosso álbum. Foi uma experiência divertida e nos ensinou que nós temos completo controle do que queremos passar para o público.
Todas as fotografias e o todo o encarte para o disco Brand New Eyes foi feito por um dos nossos melhores amigos, o fotógrafo Ryan Russel. Ele fez uma foto pra cada música do álbum e então eu trabalhei uma a uma com ele para colocar as letras da melhor maneira possível.
Para o álbum auto-intitulado, nós realmente não conseguíamos nos decidir sobre o que queríamos. Foi meio que estressante porque nós sentimos como se tivéssemos que nos representar de uma forma perfeita. Nós fizemos uma sessão de fotos promocionais com a Pamela Littky e antes de irmos embora, nós tiramos algumas fotos em frente a um lençol preto. Eu tinha passado spray de tinta temporária para cabelo por todo o meu corpo e dos guris, e a Pamela tirou as fotos daquele jeito. Foi sério, mas muito mais relaxado do que as outras fotos. O que você sabe? Aquelas fotos acabaram sendo exatamente o que estávamos procurando. Eu juro, eu sabia disso quando eu vi uma que acabamos usando como capa. Um artista chamado Doug Cunningham falou com a gente e então fez o encarte baseado em uma das nossas observações.

Creative Allies: O quão importante é pra você a arte que acompanha a música de vocês para representar as letras e as canções? Você aponta para uma conversa entre os dois, ou você está mais interessado em um pacote esteticamente legal?
Hayley Williams:
 Para a gente, é importante que qualquer coisa que as pessoas vejam, estabeleça o que elas vão ter. Com certeza, nós amamos surpreender as pessoas aqui e ali, mas nós queremos que as pessoas ouçam o nosso álbum e olhe para a capa e fique tipo “yeahhhh”.

Creative Allies: A competição “Crie Uma Arte Para o Novo Álbum Auto-Intitulado do Paramore” (confira aqui) é um projeto muito interessante. Já que o álbum é auto-intitulado, o design não exige regras específicas.
Existe algum tema ou narrativa na composição que você, especialmente, tem a esperança de transmitir?
Hayley Williams:
 Para mim, este é o melhor álbum que poderíamos ter feito um projeto desses. Eu prefiro ver o que as pessoas vêm com a representação de nós do que vê-los voltar a fazer algo para o álbum Riot!. É emocionante tudo estar totalmente aberto à interpretação.

Creative Allies: A competição é a “Criação De Um Banner Comemorativo Inspirado Em Um Dos Quatro Lados do Álbum Auto-intitulado, Paramore”. Se você tivesse que descrever cada um dos quatro lados em algumas palavras, como seria?
Hayley Williams:
 O primeiro lado é como acordar de um apocalipse. A segunda é como desafiar o realismo: o bom, o ruim e o feio! O terceiro lado é meio que perdedor. É a liberação total. Fase lua-de-mel! Para mim, o último lado do álbum é muito mais sobre crescimento. Você sabe quando passa pelo pior ano da sua vida e então olha pra trás e pensa pra si mesmo, “Eu estava ao menos pronta pra tudo isso?” Isso é meio como eu me senti quando ouvi as últimas músicas. Me senti como no fim de um filme maravilhoso de aventura. Como, The Outsiders ou The Goonies! Um pouco de melancolia misturada com triunfo.

Creative Allies: A esse ponto da sua carreira, porque um álbum auto-intitulado? Essa coleção de músicas é uma afirmação sobre a sua evolução ou som atual?
Hayley Williams:
 Nós nunca escrevemos um álbum como esse antes. Nele contém uma parte de cada um de nós, pessoalmente e artisticamente. Eu nos ouço tão claramente em cada canção. Nós sabíamos que queríamos que o álbum fosse apenas nós. Quando finalmente tinha tudo sob o controle, é claro que demos o nosso nome.

Creative Allies: O Paramore está perto do seu décimo aniversário – o que isso significa pra você?
Hayley Williams:
 Esperançosamente, isso significa que estamos no lugar certo. Para qualquer banda se manter nisso hoje em dia é uma loucura. E nós sentimos que não só fizemos isso, mas temos feito o nosso próprio caminho, fazendo a música que nós queremos. Acima de tudo, 10 anos, é apenas pura insanidade, porque temos fãs que ficaram conosco por tanto tempo. Eles fazem tanta parte do Paramore, quanto nós.

Creative Allies: Qual o seu produto favorito da loja oficial que o Paramore já vendeu, por quê?

more

Hayley Williams: Bah, meu, essa é realmente difícil! Eu acho que vários. Uma é essa camiseta branca com um design que eu fiz! Nela diz “MORE” quatro vezes em diferentes tons de azul e preto. Não existe o nome ‘Paramore’ em nenhuma parte, mas eu juro que essa camiseta vendeu horrores lá em 2006 ou 2007. Eu quero refazer ela e ter uma pra mim. Além dessa, tem uma com um desenho novo que nós estamos prestes a colocar para vender, que foi inspirada no livro Weetzie Bat, o qual eu li enquanto eu estava escrevendo algumas das músicas do álbum. Nela tem uma parte da letra de “(One Of Those) Crazy Girls” na frente e o desenho é muito tri e divertido.

Creative Allies: Qual é a sua camiseta e poster favorito de alguma outra banda?
Hayley Williams:
 Eu sou uma grande fã dos produtos do Radiohead. Parecem bem feitas e mesmo eles sendo uma espécie de banda um tanto quanto sofisticada, os produtos poderiam ser usados por qualquer um em qualquer gênero de música. Eles tem desenhos torcidos e escuros, simples, com a tipografia e arte incríveis. Eu gosto de ver bandas que usam alguns estilos diferentes e não somente os próprios. Para mim, Radiohead faz isso bem e sem comprometer a quem eles são como artistas.

Fonte: Paramore Brasil