27
jun
Revista Billboard Brasil entrevista Jeremy Davis

Revista Billboard Brasil entrevista Jeremy Davis

O novo álbum do Paramore vem conquistando o público e a crítica. A revista americana “Alternative Press”, por exemplo, afirmou que o disco é a melhor coisa que a banda já fez, enquanto a “Entertainment Weekly” diz que “Paramore” é o surgimento de um “novo blondie”. O álbum foi ainda o primeiro da banda a alcançar o topo do chart da Billboard.

Nesse momento tão especial para o trio, a Billboard Brasil entrevistou o baixista Jeremy Davis, o integrante mais experiente do Paramore. Na reportagem publicada da edição mais recente da revista, Davis revelou alguns detalhes do processo de composição e gravação no novo álbum, falou sobre o crescimento de Hayley como cantora e sobre a recepção positiva por parte da imprensa especializada, além de comentar sobre um certo amigo brasileiro, bem conhecido no país.

Depois de um período sem material novo, era natural que tanto os fãs quanto a banda ficassem com o pé atrás sobre o que seria do novo lançamento. Uma semana depois da chegada do disco às lojas, no entanto, tudo já ficou mais leve para o trio. “Estávamos muito ansiosos antes do lançamento do álbum. E ele já foi logo para o primeiro lugar das paradas, o que é sempre importante, desperta um sentimento muito bacana, além de ser uma honra.”

Davis disse também que atingir um novo público – mais adulto – não era tão inesperado para a banda. “O fato é que, enquanto estávamos no processo, gente mais velha escutava nossas novas músicas e dizia que estava amando. Isso é tudo o que qualquer artista almeja: em vez de ficar restrito a um grupo pequeno, fazer algo que todos possam curtir.”

O amadurecimento é visto em diversos aspectos da música do trio. Tanto que Davis elogiou Hayley, desde sua voz até suas letras, dizendo que nunca o potencial da vocalista tinha sido exposto de tal maneira.

E uma curiosidade: no fim da entrevista, foi a vez de Jeremy perguntar se o jornalista era de São Paulo e se ele conhecia um artista chamado Fiuk. Com a resposta positiva, o baixista comentou que o pop star brasileiro é um de seus melhores amigos, e que certamente ele estará nos shows da banda no Brasil. A turnê começa em 25 de julho, pelo Rio de Janeiro.